Alopécia Cicatricial

 

A alopécia cicatricial é um conjunto de desordens de queda de cabelo, que podem ser diagnosticadas numa pequena percentagem de pessoas que sofrem de queda de cabelo. Esta alopécia pode acontecer em qualquer pessoa, independentemente do sexo e em qualquer idade.

Embora haja muitas formas de alopécia cicatricial, é recorrente haver uma permanente e irreversível destruição dos folículos capilares e a sua substituição por tecido cicatrizado.

Geralmente, esta alopécia começa com pequenas manchas de queda e falta de cabelo, as quais, com tempo, podem vir a expandir. Em alguns casos, a queda de cabelo é gradual e sem sintomas relevantes, porém, noutros casos pode vir associada a sintomas como dor, sensação de queimadura, bem como celeridade no desenvolvimento desta condição.
As manchas com falta de cabelo são diferentes das da alopécia areata. A destruição dos folículos tem lugar abaixo da superfície da pele, pelo que pode não haver muito para ver na superfície do couro cabeludo, além de natural falta de cabelo. As áreas em que desenvolve a alopécia cicatricial podem ser lisas e limpas, mas também podem ter vermelhidão, diminuição ou aumento de pigmentação, bem como outros sintomas.
São estes indicadores visuais que podem ajudar na selecção do diagnóstico correcto para o paciente, mas é um processo difícil. Geralmente, quando se suspeita da existência desta forma de alopécia, são feitas algumas biópsias à pele para confirmar o diagnóstico, bem como para analisar a forma deste tipo de alopécia.